Qual personagem de Vis a Vis mais se parece com você? Faça o teste!

0
Vis a Vis
Reprodução: FOX

A Netflix nos últimos anos tem investido bastante em séries estrangeiras, mais especificamente, obras que possuem o dialeto espanhol, dentre elas está La Casa de Papel e Vis a Vis, que foram sucessos tremendos na plataforma streaming. Mesmo não sendo reconhecido lá fora do jeito que séries e filmes estadunidenses são, essas séries são um verdadeiro sucesso.

O mesmo vale para Vis a Vis, que é uma série da Netflix sobre mulheres detentas, suas vidas e sua convivência social atrás das grades. Abordando diversos assuntos, a série de Álex Pina não foi tão reconhecida como sua parceira espanhola La Casa de Papel, do mesmo criador.

A série foi lançada em 2015, porém só passou a ser reconhecida após a compra pela Netflix, uma vez que praticamente tudo que a empresa toca faz sucesso, o que é algo muito positivo, pois passa visibilidade para as obras espanholas.

Por isso, hoje citaremos aqui alguns motivos para você dar uma chance a Vis a Vis a partir de hoje!

História


Um dos pontos mais altos de Vis a Vis, é sua história interessante e emocionante de se assistir. A série conta a história de Macarena, uma jovem que se apaixonou pelo antigo patrão, que armou para ela ser presa, pagando quatro anos por crimes fiscais. Agora, Maca precisa se acostumar com a nova vida de detenta. Lendo a sinopse da Netflix, já é o suficiente para causar interesse nessa história cheia de reviravoltas.


Empoderamento


Algo que até quem conhece pouco de Vis a Vis, sabe que o ponto considerado mais notável de toda a série, é seu empoderamento feminino, não apenas por possuir mais de 90% do elenco constituído por mulheres, mas também sobre como é retratado diversas situações que apenas mulheres compreendem de uma forma mais correta, como machismo, estupro e feminicídio, por exemplo.

Durante toda a série, as mulheres que comandam tudo, seja no protagonismo, uma vez que Macarena é, obviamente, uma mulher, como também nos vilões, pois praticamente todos os antagonistas são personagens mulheres, sendo detentas, ou até mesmo, a diretora geral do presídio.


Temas


Para os que nunca assistiram a série, Vis a Vis é muito mais do que as personagens cativantes, possuindo também uma trama que é contada abordando temas muito importantes nos dias de hoje, como drogas, machismo, preconceito de modo geral, assédio, aborto e assédio sexual.

Mesmo que muitas pessoas preferem gastar seu tempo assistindo filmes e séries que fogem bastante da realidade, ainda é válido dar uma olhada em obras como Vis a Vis que retrata muito a realidade dentro de um presídio, nesse caso, feminino. Mostrando de forma clara e aberta para o público temas como relacionamentos homossexuais e estupro, Vis a Vis é uma das ficções que valem a pena ver pelo menos uma vez na vida, para demonstrar que séries também podem ser ótimos meios para iniciar discussões sobre questões sociais.


Boa para assistir


Embora pareça ser lenta, por conta da forma que a série aborda temas sérios, Vis a Vis é uma série muito tranquila para maratonar, principalmente por conta de possuir apenas quatro temporadas (sem contar o spin-off) e a mais longa delas, com 13 episódios.

Mesmo que seus episódios sejam longos, sendo muitos deles passando de uma hora de duração, a forma que a história é contada e narrada de forma fluida, o espectador mal sente o tempo passando, sendo muito tranquilo para maratonar todas as temporadas de uma vez. Falando em maratonar, pode ter certeza que para os fãs, isso não é muito bem algo difícil, não é?

E aí? Se convenceu de que Vis a Vis vale a pena ser vista?

Chega de papo e vamos o que interessa! É hora do quiz! Boa sorte e não esqueça de mostrar a gente o resultado!

Escolha uma fruta:

Escolha uma cor:

Escolha uma comida:

Escolha um personagem:

Escolha um número:

Responda essas perguntas e te diremos quem você seria em Vis a Vis
Macarena

Antonio

Estefania

Fabio

Saray

Zulema

Share your Results:

Eae, qual foi seu resultado? Comenta pra gente!!

Faça também:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here