House of The Dragon: mudanças em relação a Game of Thrones

A HBO tem uma nova carta na manga para aproveitar seu recente sucesso. Uma das maiores, senão a maior série de todos os tempos é Game of Thrones, o que é indiscutível independente do fim criticado da série, seu conteúdo intrínseco é rico.

Seu universo é com certeza vasto e cheio de conteúdo a ser explorado, mesmo após o fim da trama principal, coisas interessantes foram deixadas e isso ativou a imaginação dos fãs presentes e remanescentes, que agora contam com a derivação da série, que segundo a atriz do Spin-Off, Olivia Cooke, haverá uma mudança crucial na série em relação à grande franquia de sucesso original. Pelo menos foi o que ela contou ao famoso jornal britânico, Telegraph.


Qual a grande mudança?

house of The Dragon
Reprodução: HBO


Grandes polêmicas da série de Game of Thrones eram ideológicas, de maneira que abordava temas polêmicos como a violência contra a mulher, algo que sempre foi bem pauta de bastante discussão para os fãs mais conservadores e progressistas da série, ainda mais no quadro atual.

Veja também:

Nisso uma das mudanças mais importantes para que a série nova, House of The Dragon, ganhe holofotes é a retirada desse elemento crítico, de modo que houve bastante elogio por parte de seu público alvo e presente. Essa mudança foi muito bem vista pela atriz, que contou a novidade orgulhosa.


Como a mudança foi vista por ela?

Olivia Cooke


Ela conta que não se sentiria confortável de estar fazendo parte de algo que apresentasse esse elemento tão polêmico e sórdido, só para ser tentador ao público. E com essa mudança de roteiro ela declara que sente sortida por isso: “Eu não acho que seria correto incluir algo daquilo ainda” declarou.


Quando a House of estreará?


House of The Dragon irá focar na linhagem dos Targaryen 300 anos antes de Game of Thrones, a trama original. A série é tão nem quista por seus desenvolvedores que não precisou nem de episódio piloto para sua aprovação, o que é difícil acontecer com séries cujo o rumo é incerto. Assim sendo, essa primeira terá 10 episódios, mas sem o envolvimento dos shorunners originais, David Benioff e Dan Weiss.

Com isso o produtor desse Spin-Off será outro velho da casa, o showrunner Miguel Sapochnik, com a ajuda de Bryan Cogman. A expectativa é o que o derivado da série de Game of Thrones chegue às telas do streaming HBO Go em 2022, assim as produções seguem à todo vapor.

Share.

Leave A Reply